1. O que é a Passo Positivo?

A Passo Positivo é uma associação sem fins lucrativos, com estatuto de ONGD (Organização Não-Governamental para o Desenvolvimento).

Nasceu de um grupo de pessoas com anos de experiência na área do associativismo e apoio social, com vontade de empreender esforços em “fazer o que faz falta”.

 

2. Porquê o lema “fazemos o que faz falta”?

A utilidade de uma associação está diretamente ligada à sua capacidade de fazer coisas que não sejam feitas por mais ninguém; é precisamente isso que pretendemos com a Passo Positivo: identificar necessidades cuja resolução não esteja ao alcance da rede formal e informal já existente.

 

3. Onde é a sede da Passo Positivo?

Estamos sediados no Grande Porto (Senhora da Hora), mas a nossa intervenção não terá limites. Interviremos onde pudermos sempre que forem identificadas reais necessidades.

 

4. Quais os principais projetos da Passo Positivo?

O Banco de Fraldas (passo-positivo.pt/banco-de-fraldas/), o Vizinhos (http://passo-positivo.pt/vizinhos/) e o Humanitus (http://passo-positivo.pt/humanitus/).

 

5. A Passo Positivo dá formação?

Sim. As duas principais temáticas onde temos formação estruturada são a Gestão de Ciclo de Projetos e a Ação Humanitária.

No entanto, vamos tendo vários cursos, os quais podem ser consultados em http://passo-positivo.pt/formacao/cursos/

Temos ainda eventos científicos anuais, como o Encontro da Passo Positivo e o Congresso de Enfermagem Humanitária.

 

6. Quem pode participar e como?

TODOS. Todos podem participar nos mais variados formatos:

– como Voluntários (no apoio às nossas atividades, na área logística, angariação de fundos, eventos, na intervenção direta com os beneficiários ou mesmo na pró-pria associação);

– como Formandos (através da participação nas formações estarão a contribuir para o desenvolvimento dos seus próprios conhecimentos assim como a apoiar financeiramente a associação);

– como Doadores/patrocinadores (apoiando com recursos financeiros e/ou materiais as atividades da associação);

– como Associados (fazendo parte direita da vida ativa da associação, com bene-fícios que exploraremos ao longo do tempo). Todos os que se pretendem juntar a nós podem fazê-lo entrando diretamente em contacto com a associação por email ou por telefone.